Home / Nossa Cidade

Nossa Cidade

História

Aniversário:

 29 de dezembro

Fundação

16 de janeiro de 1893

Gentílico

Guabirabense

Prefeito(a):

Wilson Madeiro (2017–2021)

Unidade federativa: Pernambuco

Mesorregião: Agreste Pernambucano IBGE/20081

Microrregião: Brejo Pernambucano IBGE/20081

Municípios limítrofes: norte: Gravatá e Sairé, sul: Bonito (Pernambuco), leste: Cortês, e oeste: Bonito (Pernambuco).

Indicadores:

IDHM: 0,577 baixo PNUD/20104

PIB: R$ 62 258 mil IBGE/20115

            PIB per capita: R$ 4 819 51 IBGE/20115

As terras onde se localiza hoje o município pertenciam ao sítio Guabiraba. O nucleamento do povoado ocorreu após a construção da capela de São João pelo proprietário do sítio, Manuel Laurentino dos Santos, em 1905. A fertilidade do solo, propício á cultura da cana-de-açúcar concorreu para o povoamento, que logo passou a contar com uma feira. Inicialmente o local foi denominado São João da Barra. O distrito de de Barra de São João foi criado pela lei municipal nº 59, de 25 de Junho de 1915. Pelo decreto-lei estadual nº 235, de 9 de Dezembro de 1938, o distrito de Barra de São João passou a denominar-se Itapecó. Passou a denominar-se Guabiraba pelo decreto-lei estadual nº 952, de 31 de Dezembro de1943. Pertencia ao município de Bonito. Foi elevado à categoria de município com a denominação Barra de Guabiraba, pela lei estadual nº 3340, de 31 de Dezembro de 1958.

O topônimo atual deve-se às viagens do historiador Mário Melo, que deparando-se com uma frondosa guabiraba na confluência dos rios Sirinhaém e Bonito Grande, passou a denominar o local de Barra de Guabiraba.

Fonte: Wikipédia

Seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support